Plano de Negócios: O que é, Como Elaborar e Dicas Práticas

plano de negocios - o que e como fazer dicas

O plano de negócios é o passo inicial para quem quer se tornar um empreendedor de sucesso!

Por mais imperceptível que pareça, cada atividade do cotidiano envolve uma organização. Seja escolher um restaurante para jantar com um amigo ou simplesmente fazer as compras do mês.

Pense no plano de negócios como o mapa que você precisa para encontrar o tesouro escondido! É ele quem vai te guiar em cada passo do caminho ao seu grande objetivo.

É uma tarefa que exige dedicação e atenção às extensas análises, além da tomada de grandes decisões, mas é completamente indispensável para encontrar a visão que você busca concretizar.

Sistema de Gestão Integrada

Automatize as atividades dos departamentos da sua empresa de forma integrada e eficiente

Conheça agora!

TESTE GRÁTIS

O que é plano de negócios para uma empresa?

O plano de negócios é um documento produzido no início do empreendimento com o intuito de reunir a visão e os objetivos iniciais de um novo negócio.

A ferramenta também pode ser utilizada por empresas que já estão na ativa há algum tempo. Neste caso, o plano funciona como uma reorganização e geralmente é empregado quando o negócio encara uma grande mudança de objetivo ou identidade.

A produção do plano de negócios exige uma avaliação básica sobre as estruturas do empreendimento: público alvo, diferencial, oportunidades, fraquezas, etc.

No planejamento estratégico, o mais conhecido tipo de análise é a SWOT. A sigla em inglês representa: forças, fraquezas, oportunidade e ameaças.

Aplicar a análise SWOT oferece um diagnóstico geral sobre a empresa, os seus objetivos e posicionamento do seu produto ou serviço no mercado, tanto em relação aos clientes quanto aos concorrentes.

Análise SWOT
Análise SWOT

É o momento de decidir o que a sua empresa veio transformar no mercado e ponderar quais fatores estão a favor ou contra do sucesso do seu negócio.

O plano de negócios pode te livrar de investir em uma grande furada ou oferecer a base primordial para desenvolver uma ideia brilhante.

Leia mais: Análise SWOT – O que é e como fazer em sua empresa

Por que é indispensável ter um plano de negócios?

Ter um plano de negócios é indispensável para o sucesso de uma empresa.

Por mais que o improviso possa render bons resultados algumas vezes, você não pode jogar o futuro do seu negócio para as mãos da sorte.

Já imaginou se perder em uma floresta? No começo, até pode parecer uma aventura interessante, mas as horas passam e percebe-se que é preciso de um plano para sobreviver.

Em um mercado competitivo e em constante transformação, é fundamental conhecer os pontos positivos e diferenciais do seu projeto. Assim como apontar e aprimorar as fraquezas identificadas.

A partir do objetivo estabelecido pela sua empresa, você precisará olhar ao plano de negócios com outro olhar, pensando em moldá-lo para alcançar a meta principal. Você pode sempre estar um passo à frente e já visualizar o que o futuro pode oferecer ao seu empreendimento.

Além disso, o planejamento pode servir como apresentação principal aos investidores e parceiros em potencial. É uma maneira de mostrar quem você é e ao que veio no mundo dos negócios!

Até mesmo bancos podem exigir um plano de negócios antes de oferecer crédito ou empréstimos para sua empresa. Apenas projetos que possuem ideias relevantes e bem direcionadas são selecionados para financiamentos.

Passo a passo de como montar um plano de negócios de uma empresa

Passo a passo montar um plano de negócios
Veja o passo a passo de como montar um plano de negócios infalível.

Agora que você descobriu como o plano de negócios é indispensável para o triunfo do seu empreendimento, chegou a hora de colocar a mão na massa!

Já mencionamos anteriormente que o planejamento exige dedicação e paciência. Entretanto, existem dicas valiosas que podem te ajudar a tornar o procedimento mais objetivo.

Leia também:  Estes são os 5 pré-requisitos para que você comece seu negócio

Se você não tem ideia por onde começar, nós reunimos informações essenciais sobre os 7 passos principais deste processo.

Pesquisa de mercado

A primeira etapa de elaboração visa conhecer o tamanho  do mercado e o posicionamento da sua empresa dentro dele. É um passo essencial e de extrema importância para os próximos passos do seu empreendimento.

É a principal forma de identificar se este ramo realmente é o ideal para seu produto, conhecendo o perfil dos clientes, as estratégias da concorrência e as peculiaridades do mercado.

Análise de público

Primeiramente, é preciso identificar qual problema do consumidor você solucionará com o lançamento do seu produto. Além disso, é preciso verificar se o custo do seu produto ou serviço está alinhado com o que o público está disposto a pagar.

Para isso,  é preciso entender quem é e onde está o seu público alvo. A captação de dados demográficos e sobre idade, grau de instrução, renda mensal média, hobbies e hábitos é essencial para conhecer quem você está atendendo.

Alguns dados a respeito da sua clientela podem ser encontrados na internet, mas também é recomendado fazer uma pesquisa própria com perguntas específicas sobre seu projeto.

O acesso a esses dados facilita o planejamento das estratégias de marketing e define o perfil que você busca atrair para seu negócio.

Identificação da concorrência

Você acredita que os concorrentes devem ser amados ou odiados? A verdade é que os concorrentes estão ali para motivar a melhoria do seu projeto e ainda dar dicas do que fazer ou não fazer dentro do seu ramo.

O principal passo é analisar o mercado e contabilizar quantos concorrentes você possui. Então, responda uma série de perguntas:

  • Quem são eles?
  • Como o mercado reagiu às mudanças que eles já implementaram?
  • Qual é o seu diferencial em relação ao produto deles?
  • Quais são os pontos fracos e fortes dos concorrentes?

Tente entender quais são os objetivos das outras empresas por trás das estratégias e transformações que eles colocam em ação e identifique as oportunidades que você pode encontrar de acordo com o perfil da concorrência.

Operacional e Financeiro

Os primeiros estágios do plano de negócios envolvem a análise e debate da ideia do empreendimento. Entretanto, os planejamentos operacional e financeiro dizem respeito às condições em que a ideia se transformará em produto.

Entenda melhor o que cada um dos relatórios cobre e como eles definem o processo de produção da sua mercadoria.

Plano operacional

O planejamento das operações busca determinar como funcionará a elaboração do seu produto.

Desde o local onde ele será fabricado, aos equipamentos envolvidos no processo, para a quantidade de funcionários necessário para atender a demanda até a estimativa do total que será produzido mensalmente.

Plano financeiro

Chegou o momento de verificar se o seu empreendimento é financeiramente viável.

Determine quanto será o investimento inicial no projeto baseando-se nas despesas iniciais necessárias para estruturar sua empresa.

  • Aluguel ou compra do espaço físico;
  • Compra das ferramentas, matéria-prima e software para gerenciar a operação. O BomControle oferece um sistema de gestão integrada para o seu negócio, clique aqui para conhecer mais sobre a ferramenta e como ela pode simplificar os processos da sua empresa;
  • Impostos e taxas de documentação.
  • Custo com mão de obra (Número de funcionário necessário para tocar a operação)

Coloque as finanças na ponta do lápis e compare o resultado com o montante que será investido. Se é possível cobrir o valor dos custos, hora de seguir para o próximo passo!

Qualidade e custo-benefício

Depois de conhecer o seu público alvo e entender quanto será investido em cada produto vendido, chegou a hora de decidir como sua ideia será apresentada aos clientes.

Você quer que sua mercadoria seja conhecida por ter o melhor custo-benefício do mercado ou por oferecer uma qualidade que compensa o preço alto?

Leia também:  Como empreender em tempos de Crise

Quanto mais você aprende sobre o ramo do mercado em que você está, mais claro fica o posicionamento que está de acordo com o produto que você oferece.

Para pequenos negócios

A falta de um plano de negócios nas pequenas empresas representa um risco maior do que nos grandes empreendimentos.

O pequeno empresário não usufrui de tantos recursos para contornar problemas causados pela falta de organização como uma multinacional.

Inicialmente, a criação de um plano de negócio pode parecer mais difícil ao pequeno empresário. Entretanto, é preciso deixar os modelos prontos de lado e adaptar as questões da pesquisa ao seu empreendimento.

Para grande negócios

As grandes empresas costumam renovar o plano de negócios periodicamente para reorganizar as estratégias em ação e traçar novos objetivos para o futuro.

O lançamento de um novo produto e até mesmo ampliações no espaço físico da empresa também podem inspirar a criação de um novo planejamento.

Mesmo em empresas pequenas é recomendado refazer o plano de negócios esporadicamente para observar as mudanças e organizar novos movimentos de ação.

Plano de marketing

O plano de marketing é marcado como uma das etapas finais porque ele necessita de todos os dados captados anteriormente para ser construído com precisão.

É o momento de apresentar o seu produto para seu público alvo, apontando suas principais características e diferenciais em relação aos concorrentes.

Lembre-se que é preciso levar sua proposta ao público com o máximo de objetividade. É necessário chegar ao seu cliente no momento em que ele precisa e no local em que ele está.

Além de decidir como seu produto será anunciado, é preciso marcar os veículos que serão utilizados na divulgação e também quanto será investido em cada um deles.

Exemplo de um plano de negócios

Mesmo com as dicas, ainda está um pouco difícil visualizar como seria o plano de negócios da sua empresa?

Não se preocupe, nós encontramos um modelo prático para você entender como aplicar esta ferramenta na sua empresa.

A Petrobras divulga uma versão simples e gráfica do seu plano de negócios no próprio site da organização.

Investimentos totais - plano de negocios e gestao

A imagem principal apresenta o quanto a Petrobras pretende investir nos 3 principais setores pelos próximos 3 anos.

É uma demonstração simples de plano de negócios que pode te ajudar a planejar os primeiros objetivos da sua empresa no planejamento.

A Petrobras disponibiliza a apresentação completa do plano de negócios no site também, apresentando estatísticas atuais sobre a empresa e apresentando detalhes sobre novos projetos.

Gere dados estratégicos da sua empresa

Visualize dados completos e em tempo real sobre as atividades e crescimento da sua empresa através de Dashboards

Conheça agora!

TESTE GRÁTIS

Mitos e verdades sobre planos de negócios

Por mais simples que seja o conceito do plano de negócios, ainda existem dúvidas e mitos que confundem os empresários.

Para te ajudar a solucionar todas as dúvidas sobre o assunto, desvendamos 4 mitos relacionados ao plano de negócios!

Um plano de negócios objetivo não é tão bom quanto um detalhado

Mito. Quanto mais extenso é o plano de negócios, maiores são as chances de ninguém lê-lo até o final ou prestar atenção na apresentação completa.

Busque apresentar as estatísticas e projetos de forma concisa e simples. O plano de negócios reúne ideias e dados que representam o pontapé para pesquisas mais profundas.

Apenas estimativas dos gastos precisam ser documentados

Verdade! Não é necessário colocar na ponta do lápis o que foi gasto em papel higiênico no plano de negócios.

Quando falamos sobre apresentar gastos e lucros, falamos apenas sobre valores gerais ou estimados para o futuro da empresa, sem muitos detalhes.

Leia também:  Por que é importante conseguir o Capital Social?

O plano de negócios só é útil para investidores

Mito! Mesmo que o plano de negócios seja muito positivo para apresentar a novos investidores e parceiros, ele também é essencial no funcionamento interno da empresa.

Ele pode direcionar novos projetos ou indicar que a companhia ainda não está pronta para tomar determinadas decisões.

É melhor criar apenas uma meta do que vários planos B

Verdade. Apontar diversas metas pode acabar com o propósito do plano de negócios de organizar e direcionar.

Trace um objetivo que sua empresa é capaz de alcançar com muito esforço e trabalho. Mantenha-se realista, mas não tenha medo de trazer desafios ao seu negócio.

O que é um plano de negócios Sebrae?

O que é um plano de negócios Sebrae
Saiba o que é um plano de negócios sebrae e como ele pode ajudar a sua empresa.

Segundo o Sebrae, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, o plano de negócios é o melhor instrumento para conhecer o mercado e traçar seus objetivos como empreendedor.

O site do Sebrae disponibiliza diversos posts para resolver dúvidas sobre o assunto, além de manuais práticos e até mesmo um software para criar o seu próprio plano de negócios.

A ferramenta é gratuita e oferece os parâmetros para guiar a elaboração do plano de negócios da sua empresa.

Cursos de plano de negócios

Se você deseja buscar mais conhecimento antes de criar o seu plano de negócios, um curso pode ser a solução ideal!

O próprio Sebrae oferece um curso à distância para quem está iniciando um empreendimento de pequeno e grande porte.

As lições ensinam a fazer pesquisas iniciais e analisar quais dados são relevantes para estruturar a base da nova organização.

Nós também possuímos uma área de aprendizado especial para você: a Universidade BomControle.

Por meio de vídeo aulas e questionários interativos, o curso ensina tudo o que o sistema BomControle guarda na manga para organizar a gestão do seu negócio.

Os universitários podem ter acesso a todo conteúdo quando e onde quiserem, além de poder repetir as vídeo aulas sempre que for necessário solucionar alguma dúvida.

Plano de negócios no empreendedorismo

Para empreender com sucesso, é preciso conhecer o mercado em que você está entrando, assim como o papel do seu produto dentro do ramo.

É possível prever as chances de sucesso de um novo projeto a partir do plano de negócios. A ferramenta oferece uma visão geral sobre quem sua empresa é e o que ela busca.

Por mais que ousar e improvisar possam render bons frutos de vez em quando, não há nada melhor do que empreender com noção de que as chances de sucesso são altas ou baixas.

Sendo assim, o plano de negócios é o instrumento do empreendedor que se planeja e dá passos certeiros em direção ao sucesso.

Conclusão

Conclusão - Plano de negócios
O plano de negócios é fundamental para o futuro de sua empresa.

Com tudo isso, fica claro que o plano de negócios é indispensável tanto para apontar os objetivos iniciais de uma empresa quanto para planejar mudanças importantes na trajetória de um investimento.

Além de ser fundamental para alinhar a equipe, também funciona como um cartão de visita para novos investidores e parceiros.

Por mais trabalhoso que pareça, o plano de negócios envolve um conceito simples, mas que fará toda a diferença no crescimento da sua companhia.

Está pronto para colocar as mãos na massa e planejar os próximos passos do seu empreendimento com o plano de negócios? Conte com o sistema integrado de ERP BomControle. Faça um teste grátis!

Envie ou compartilhe este artigo