O que o engajamento dos funcionários quer dizer para a sua empresa?

Tempo de leitura: 8 minutos

Já imaginou se o engajamento dos funcionários na sua empresa virasse uma realidade? Contudo, obter bons resultados a partir de uma rotina que é — por vezes — exaustiva e com muitas demandas, não é tarefa fácil. Mas também não é impossível (e nós vamos te ensinar como)!

Toda essa complexidade exige que o gestor se dedique a encontrar caminhos para promover o engajamento dos colaboradores. Pensando nisso, duas ferramentas estão sendo adotadas pelas maiores corporações.

A primeira é o tradicional endomarketing e a segunda é um novo conceito chamado de employer branding. Conheça ambos e descubra como o engajamento dos funcionários influencia no sucesso do seu negócio!

Entenda o que é endomarketing

O endomarketing é, antes de tudo, uma estratégia que auxilia na gestão de pessoas. Também chamado de marketing interno, tem como finalidade o estabelecimento de uma boa imagem da empresa perante seus colaboradores.

As ações de endomarketing consistem, como o próprio nome sugere, em esforços de marketing para o público interno, visando a trabalhar a percepção dos funcionários acerca da empresa — de modo a ser mais positiva possível.

A ideia central é estimular as relações interpessoais e, por meio delas, imprimir a visão da companhia — o que, consequentemente, vai gerar maior engajamento dos funcionários.

Existem algumas ações de endomarketing que são efetivamente simples de implementar e eficazes na construção de uma boa imagem perante os colaboradores. São elas:

  • manter a comunicação interna aberta;
  • estabelecer — com clareza — quais são os principais valores e incluí-los na cultura empresarial,
  • dispor de uma equipe responsável pelos Recursos Humanos que seja altamente comprometida.

Compreenda as diretrizes do employer branding

O employer branding é um conceito que nasceu do branding — técnica responsável por gerar, nos clientes, uma boa percepção do produto ou da marca.

De um modo geral, esse novo termo é comumente associado ao processo seletivo de candidatos às vagas de emprego. No entanto, a estratégia deve ser estendida também para a retenção desses empregados.

Dessa maneira, as ações de employer branding começam a atuar ainda na fase inicial do processo seletivo para atrair e conquistar os melhores profissionais e, posteriormente, se alongam para manter esse talento dentro da empresa.

Alinhado com o endomarketing, o employer branding tem efeitos ainda mais interessantes. Além de esforços que compreendem um profundo comprometimento da equipe de seleção em apresentar os valores, a cultura e as vantagens de fazer parte da equipe, as duas estratégias alinhadas também fornecem à empresa uma carta na manga: os próprios colaboradores!

Quanto mais satisfeitos e motivados estiverem seus colaboradores (a partir de ações de endomarketing), mais eles estarão engajados e ajudarão a vender a ideia de que a sua empresa é o melhor lugar para se trabalhar. Quer saber como fazer isso? Continue lendo!

Veja como o engajamento é capaz de aumentar a produtividade

Você conhece a velha expressão que diz sobre “vestir a camisa”? Na prática, é isso que o engajamento é. Essa ação gera reflexos diretos e indiretos no aumento de produtividade da empresa — o que também é capaz de aumentar seus lucros exponencialmente.

Um funcionário que veste a camisa da sua empresa torna-se seu defensor, não troca de emprego facilmente e ainda gera receita. Entenda como:

Cria defensores da sua empresa

Nem sempre sua equipe de marketing estará presente para proteger a sua marca. Quando uma mensagem não for bem compreendida pelos seus interlocutores e causar qualquer tipo de ruído ou problema, saiba que um colaborador engajado passa a ser a sua voz — a qualquer hora e em qualquer lugar, seja para defender, esclarecer e/ou elogiar.

Torna o profissional comprometido

Quando alguém é engajado no trabalho dificilmente ele deixa o seu posto. Gerar engajamento não tem ligação direta com o salário ou com o status, mas sim com o objetivo de tornar as pessoas comprometidas com a organização, a partir de ações de valorização e motivação. Dessa forma, é certo que colaboradores engajados trabalharão melhor, não prejudicarão a empresa e estarão sempre disponíveis para situações de emergência.

Gera uma economia significativa

Todo empregador sabe o quanto é oneroso o treinamento e capacitação de funcionários. Além disso, os próprios processos seletivos também tomam uma fatia considerável do orçamento e do tempo de uma organização. Por isso, manter funcionários engajados gera economia — pois é mais fácil (e barato) manter um colaborador do que ter que lidar com a rotatividade e o desfalque nas equipes.

Descubra agora como você pode conseguir engajamento

As boas práticas de engajamento de funcionários envolvem algumas ações que são mais simples e outras que são mais complexas. Porém, todas são igualmente importantes para que tudo saia como planejado. Conheça agora algumas ações que você pode colocar em prática ainda hoje!

Tenha uma cultura organizacional sólida

Nenhum funcionário vai comprar a sua ideia se ela não for realmente boa — essa é a premissa básica. Nem mesmo as estratégias mais avançadas de endomarketing e employer branding serão capazes de convencer os seus funcionários do contrário — caso a sua cultura organizacional deixa a desejar.

Logo, invista um bom tempo neste quesito e estabeleça diretrizes sólidas no desenvolvimento da sua cultura empresarial.

Escolha líderes humanos

Para conduzir uma cultura voltada para a gestão de pessoas, é fundamental que seus líderes sejam capazes de representar — com excelência e de forma humanizada — os valores da companhia. Afinal, eles são a personificação de toda a teoria, não é mesmo?

Então comece por você e seja um bom líder. Assim, os demais tenderão a seguir os seus passos e, quando menos perceber, a sua empresa terá uma multidão de colaboradores engajados.

Incentive o feedback

Não há nada de errado em receber reclamações ou críticas. Quando o gestor compreende isso, acaba perdendo o medo de se expor e passa a ganhar muito mais do que perder.

Ouvir os colaboradores é um sinal de maturidade da organização — além de ser uma grande oportunidade de melhorar e corrigir as falhas. Desse modo, crie canais para feedback e incentive o seu uso. Categorize as informações, avalie e mude!

Implante um plano de carreiras

Uma das melhores formas de promover o engajamento de funcionários é deixar claro o caminho que eles percorrerão na empresa — onde eles poderão chegar no futuro. Os grandes profissionais buscam por isso: firmar as suas competências e serem recompensados por isso — não apenas financeiramente, mas também na ascensão dos cargos dentro da empresa.

Dessa maneira, implantar um bom plano de carreira pode ser um passo significativo para cativar os colaboradores.

Saiba reconhecer

Esse é mais um tópico que não custará nenhum centavo à sua empresa: o reconhecimento. Essa atitude faz toda a diferença quando o assunto é a conquista de colaboradores — uma palavra, um gesto, um e-mail, uma menção em público ou um cartão podem ser capazes de encantar e fidelizar seus colaboradores para o resto de suas vidas.

Adquira imediatamente esse hábito e passe-o adiante para os demais líderes da sua empresa.

Ofereça bonificações

Você percebeu como a maioria das ações para conseguir engajamento não envolve altos investimentos financeiros? A maior parte depende apenas da mudança de atitude.

Porém, acabamos de chegar em um tópico em que você precisará colocar a mão no bolso — bonificações. Mas não se assuste: as bonificações são um incentivo enorme e uma ótima forma de engajar, por isso, invista em premiações, brindes, viagens, refeições, folgas etc.

Lembre-se: funcionário satisfeito tende a trazer muito mais rendimento do que o valor que foi investido na bonificação.

Desenvolva novas competências

Trabalho, trabalho e trabalho. E se eu dissesse que engajar o funcionário no trabalho estivesse diretamente ligado a mantê-lo fora por um tempo? Isso mesmo. Pode parecer incoerente (no início), mas não é!

Para isso, desenvolva junto aos seus funcionários novas competências além do campo profissional. Crie projetos culturais, sociais, esportivos e/ou educacionais que manterão a equipe unida em um propósito. Isso suscita união e motivação.

O engajamento dos funcionários, portanto, tem muito a dizer para e sobre a sua empresa. Analise a postura dos seus colaboradores e reflita como começar a colocar em práticas todas essas dicas. Você já sabe por onde iniciar ou já pratica alguma das atitudes apresentadas neste post? Compartilhe aqui nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *