Missão, visão e valores: como criar para a sua empresa

Missão, visão e valores são definições que orientam e definem uma empresa. Essas diretrizes regem a tomada de decisão, o planejamento estratégico e a cultura do negócio.

Não importa se você é um empreendedor novo ou mais experiente: com certeza, em sua busca por ferramentas de gestão, você já se deparou com os conceitos de missão, visão e valores.

São princípios básicos que fazem parte de muito processo de planejamento estratégico, seja para iniciar uma empresa, seja para reposicionar um negócio.

Quer saber como fazer um bom planejamento estratégico? Leia o artigo 7 principais passos na elaboração de um planejamento estratégico .

As diretrizes da missão, visão e valores são essenciais, também, para deixar todos os funcionários a par dos objetivos e do perfil da empresa em que trabalham.

Assim, é possível alinhar expectativas, propor novos projetos ou inovações e permitir o fortalecimento de uma cultura única e compartilhada.

Você vai conhecer mais sobre:

  • O que é missão, visão e valores de uma empresa?
  • Qual a importância da missão, visão e valores?
  • Como criar a missão, visão e valores da sua empresa?

Boa leitura!

O que é missão, visão e valores de uma empresa?

Entenda porque a, missão, visão e valores são definições tão importantes para um negócio.
Entenda porque a, missão, visão e valores são definições tão importantes para um negócio.

O tripé missão/visão/valores resume as diretrizes que norteiam uma organização.

Elas definem e esclarecem quem é a empresa e sua razão de existir, sendo essenciais para orientar o gestor e todos os seus funcionários na busca dos mesmos objetivos estratégicos.

Apesar de serem conceitos bastante simples, é muito comum que as empresas confundam ou não apliquem corretamente para sua realidade.

Por isso, vamos esclarecer, abaixo, o que é missão, visão e valores, exemplificando com informações de empresas de variados segmentos para melhor entendimento.

Confira:

– Missão: a razão de ser da empresa

Peter Drucker, conhecido como o pai da administração moderna, afirma que uma empresa é definida pela sua missão, pela sua razão de existir.

A missão é, portanto, o que delimita a atuação da empresa. Não como uma forma de restringir , mas de focar .

Dessa forma, gestores e funcionários têm claro qual a identidade da empresa e o porquê dela existir.

Assim, podem se identificar com ela, buscar oportunidades de inovações e rumar juntos em direção aos mesmos objetivos.

Uma missão deve limitar a atuação, para que as decisões estratégicas possam ser tomadas com algum embasamento. É importante, porém, que a missão impeça o crescimento da empresa.

Sem querer abusar da liberdade poética da literatura, mas Alice no País dos Maravilhas já ensina: Quem não sabe para onde ir, qualquer caminho serve.

Assim, a missão deve ser abrangente o suficiente para que a empresa tenha espaço para inovar e crescer, conquistando mercados ou aproveitando oportunidades; mas não pode ser tão genérica a ponto de não ter nenhuma identificação.

É a missão que deve fazer aquela empresa ser única e diferenciada: se a missão puder ser facilmente aplicada para qualquer outra empresa, algo está errado.

– Visão: direcionamento para o futuro

Sabe aquela pergunta que todo adulto faz para uma criança: “O que você quer ser quando crescer”?

A visão é isso. O que sua empresa quer ser quando crescer? Onde ela espera estar em 2, 5, 10 anos?

A visão nada mais é do que uma meta, pela qual a empresa deverá criar planejamentos e ações; compartilhar sonhos, pensar projetos e engajar toda a equipe.

Por ser um objetivo a ser conquistado, é de extrema importância que a visão tenha um prazo definido, e que seja possível de mensurar. Caso contrário, você não parâmetros para saber se sua visão foi atingida.

Em função de ter um prazo, também, a visão deve ser sempre revisitada. Seja para avaliar o quão longe ou perto você está de conquistá-la, seja para alterar a visão, iniciando uma nova etapa na jornada da sua empresa.

– Valores: comportamentos e atitudes da empresa

O terceiro conceito da tríade missão/visão/valores define os comportamentos esperados da empresa, e, portanto, de seus funcionários.

Quais princípios regem as decisões e as relações? Quais os valores daquela empresa?

Quando falamos em família, em educação de filhos, por exemplo, reforçamos a importância de se ensinar valores, como respeito, honestidade, empatia. Por que a empresa não teria essa necessidade?

Os valores, assim como a missão e a visão, devem ser conhecimento de todos. E, mais do que isso, precisam ser respeitados e vividos, diariamente.

É isso que vai fazer com que a empresa forme sua cultura e identidade, que poderá ser compartilhada com o mundo através da sua comunicação e ações.

Leia também:  Como tornar a emissão de notas em prefeituras mais eficiente?

Uma empresa que tenha como valor, por exemplo, “respeito ao meio ambiente”, poderá transmitir esse valor através de projetos ambientais, com uma boa política de logística reversa, e ações que envolvam a comunidade.

Quais valores representam sua empresa? Que princípios você espera de seus funcionários?

Lembre-se que os valores precisam ser considerados em todos os momentos, incluindo a contratação de novas pessoas.

É essencial que seus funcionários se identifiquem com seus valores e sua missão, de modo que possam, juntos, construir um legado.

Qual a importância da missão, visão e valores?

Missão, visão e valores são definições essenciais para identificação e realização dos objetivos da empresa
Missão, visão e valores são definições essenciais para identificação e realização dos objetivos da empresa.

A missão, visão e valores da empresa servem como uma bússola, guiando as tomadas de decisão e iluminando caminhos e escolhas.

Sem elas, o gestor ou empresário terá dificuldades em planejar e agir. Além disso, os funcionários ficarão sem norte. Se cada um “puxar a corda” para lados diferentes, ela arrebenta: é essencial que todos estejam envolvidos e buscando um mesmo objetivo.

Abaixo, listamos os 4 principais pontos envolvidos da missão, visão e valores, que são impactados e influenciados por essas definições.

– Planejamento estratégico

O planejamento estratégico faz sentido quando a empresa tem claro o que quer, onde quer e quando quer.

Com isso, consegue estabelecer metas e objetivos, e desdobrar planos de ações, que deverão ser compartilhados entre todos os funcionários.

Portanto, definir a missão, a visão e os valores da empresa é um primeiro passo fundamental para permitir que todo o restante do planejamento estratégico pode ser pensado, e faça sentido.

– Públicos de interesse

Os chamados stakeholders , ou seja, aqueles que estão, diretamente ou indiretamente, envolvidos com a empresa, como funcionários, clientes e fornecedores, podem estabelecer relações e laços com a marca em função da sua missão, visão e valores.

O que isso quer dizer? Que quando sua empresa tem um posicionamento, as pessoas têm a chance de se identificar com a marca, e isso é extremamente positivo.

Você consegue engajar todos os públicos em prol de um objetivo comum, além de aumentar o valor de sua marca frente aos clientes, transformando-os em embaixadores da sua mensagem.

– Comunicação empresarial

Como você já deve ter entendido, a missão, a visão e os valores de uma empresa são parte fundamental da sua identidade.

É natural, portanto, que sejam argumentos ricos para a comunicação e o marketing, já que são diferenciais, é tudo aquilo que faz com que a sua empresa seja diferente de todas as outras.

Com isso em mente, tendo a tríade missão/visão/valores estabelecida, é preciso comunicar . Para todos os públicos envolvidos, mas principalmente para os funcionários.

Isso porque são eles quem vão viver essas definições no dia a dia. Vão colocar em prática os princípios, buscando, em cada atitude, respeitar a missão e conquistar o objetivo definido na visão.

De nada adianta ter definições lindas se elas ficarem somente no papel, certo?

– Posicionamento e diferenciais de mercado

Seguindo a mesma ideia, a missão, a visão e os valores de uma empresa são uma forma inteligente e estratégica para sua empresa se diferenciar.

Você acha que a Apple se importa pelo fato da Samsung fazer telefones mais baratos? Ou se a Coca-Cola se incomoda com a concorrência da Pepsi?

Sem desmerecer ninguém, mas essas empresas (as quatro citadas) sabem muito o que querem, porque querem e como farão para conquistar o que desejam. Assim, ainda que concorrentes, têm diferenciais que são percebidos pelo público com clareza.

Sim, tanto a Apple e a Samsung fazem telefones; tanto a Coca-Cola quanto a Pepsi produzem bebidas. Mas suas motivações, sonhos e valores diferem entre si, e isso lhes garante uma posição individual e única.

Da mesma forma, suas marcas são percebidas e valorizadas de formas diferentes. Isso é se posicionar e se diferenciar. Isso é criar identidade e ser reconhecido por ela. 

Como criar a missão, visão e valores da sua empresa?

Aprenda como criar a missão, visão e valores da sua empresa passo a passo.
Aprenda como criar a missão, visão e valores da sua empresa passo a passo.

Agora que você já entendeu o que missão, visão e valores significam, e viu o quanto isso pode ser impactante para a sua empresa, hora de fazer as definições para sua empresa, certo?

Não é difícil, mas é preciso ter atenção para não confundir ou misturar conceitos.

Esse é um momento muito enriquecedor, já que fará com que as pessoas envolvidas troquem ideias, discutam suas visões e visualizem com mais clareza os aspectos intrínsecos do negócio.

Por isso, aproveite! Será um processo de autodescoberta, e atividades como essa sempre somam e nos fazem evoluir.

– Definição dos objetivos de atuação

Para começar o seu trabalho de definição das diretrizes estratégicas, é essencial que você provoque uma discussão entre os participantes referente aos objetivos da empresa.

Leia também:  Como utilizar o Ciclo PDCA na otimização de processos da empresa

Com o que se pretende trabalhar ou quais os limites de atuação que a empresa espera atingir? O que poderá ser feito e o que não faz sentido abraçar?

Quais os objetivos macros que a existência desse negócio pretende atingir?

Algumas perguntas são fundamentais para que vocês possam começar a refletir e a esclarecer conceitos e definições, indicando o melhor caminho e definindo a missão, a visão e os valores da empresa com mais naturalidade.

– Quem deve se envolver no processo

Se a sua empresa já possui definições de missão, visão e valores, uma sugestão é fazer uma pesquisa para avaliar o conhecimento e a aderência dessas definições junto aos funcionários.

Será que eles reconhecem ou se reconhecem nessas definições? Se não, hora de revisar!

É recomendável que o processo de criação da missão, visão e valores reúna pessoas de diferentes áreas, idades e conhecimentos. Quanto mais variedade na sua amostragem, mais chances você terá que construir algo real e verdadeiro.

Claro que os gestores da empresa são peças fundamentais.

Não há ninguém melhor do que a gestão para esclarecer quais os objetivos da empresa e por que ela existe e funciona daquela maneira.

Por outro lado, ouvir pessoas em posições mais baixas da sua hierarquia também pode ser enriquecedor.

É a partir delas que você, gestor, irá entender suas percepções de valor e de diferenciais sobre a empresa – mensagens que são, automaticamente, transmitidas ao mercado.

Saiba ouvir. Se as suas ideias de cultura, princípios ou objetivos não forem nem um pouco parecidas com as que sua equipe lhe trouxer, muita coisa precisará ser ajustada além da simples definição das diretrizes estratégicas.

– Perguntas a responder

Para ajudar no processo, você deve se fazer algumas perguntas. Elas irão oportunizar que você pense em situações e porquês que, talvez, até então, você não tinha pensado.

Essa provocação é essencial para você discutir com os demais integrantes do processo, trocando ideias, opiniões e construindo, juntos, a missão, a visão e os valores da sua empresa.

Missão

Para a definição da missão, converse e procure responder os questionamentos abaixo:

  • Por que existimos?
  • O que fazemos?
  • Para quem fazemos?
  • Como o que fazemos ajuda ou melhora a vida do nosso público?
  • O que fazemos de diferente?

Visão

Para a definição da visão, responda às perguntas:

  • O queremos nos tornar?
  • Em quanto tempo queremos isso?
  • O que estamos ajudando a construir?
  • O que esperam de nós?
  • Em que abrangência queremos atuar?
  • Que impacto queremos ter na vida de nossos clientes?

Valores

Para definir os valores, a identidade e a cultura da empresa devem estar claras para todos. Ou seja: todos os funcionários precisam reconhecer aqueles princípios de comportamento e conduta.

Clientes e sociedade também devem ser capazes de observar esses valores na forma de tratamento, ações e comunicação da empresa.

Para definição dessa diretriz, pergunte a si e aos demais públicos envolvidos:

  • Que princípios orientam nossos comportamentos?
  • Como queremos ser reconhecidos?
  • Pelo que gostaríamos de ser valorizados?
  • O que é importante para nós, em termos de valores e princípios?
  • O que temos como norteadores em nossas decisões?

– Exemplos de Missão

A missão é aquilo que define o que a empresa faz e porque ela faz o que faz. Precisa ser ampla o suficiente para permitir o seu crescimento e inovações, mas não pode ser genérica a ponto de servir para qualquer negócio.

É a carteira de identidade, aquilo que faz com a empresa seja diferente de todas as outras. Conheça a missão de algumas empresas, para sua inspiração.

  • Google: Organizar as informações do mundo todo e torná-las acessíveis e úteis em caráter universal.
  • Natura: Nossa razão de ser é criar e comercializar produtos e serviços que promovam o bem-estar/estar bem.
  • Mercedes-Benz: Aperfeiçoar o nosso negócio de automóveis, fornecendo veículos de alta performance e confiabilidade.
  • McDonald’s: Servir alimentos de qualidade, com rapidez e simpatia, num ambiente limpo e agradável.
  • Nestlé: Oferecer ao consumidor brasileiro produtos reconhecidamente líderes em qualidade e valor nutricional, que contribuam para uma alimentação equilibrada, gerando sempre oportunidades de negócios para a empresa e valor compartilhado com a sociedade brasileira.
  • Avon: Ser a companhia que melhor entende e satisfaz as necessidades de produtos, serviços e auto-realização das mulheres no mundo todo.
  • Apple: Trazer a melhor experiência em computação pessoal para estudantes, educadores, profissionais criativos e consumidores ao redor do mundo, com inovação em hardware, software e ofertas de internet.

– Exemplos de Visão

Como vimos, a visão representa onde a empresa quer chegar. Como quer ser reconhecida, o seu objetivo macro.

Leia também:  6 razões para não utilizar um sistema de contabilidade gratuito

É a partir daí que a empresa poderá tomar decisões, criar e planejar ações, pois tudo deverá ser orientado à visão definida.

Naturalmente, uma vez atingida, a visão deve ser revisitada, já que novos objetivos precisam ser estabelecidos. Mas não é preciso esperar para repensar a visão: você pode (e deve!) ajustar a direção no decorrer do tempo.

O que não pode, porém, é desviar da sua trajetória, daquele caminho planejado e construído até então. Caso contrário, perder-se será o resultado mais provável.

Conheça a visão de algumas empresas.

Repare que nem todas definem números ou prazo limite (o que é recomendável), mas todas possuem visões que são possíveis de mensurar, ainda que em graus diferentes de dificuldades.

  • Fiat: Estar entre os principais players do mercado e ser referência de excelência em produtos e serviços automobilísticos.
  • HSBC: Ser o melhor grupo financeiro do Brasil em geração de valor para clientes, acionistas e colaboradores.
  • Gerdau: Ser global e referência nos negócios em que atua.
  • Duratex: Ser empresa de referência, reconhecida como a melhor opção por clientes, colaboradores, comunidade, fornecedores e investidores, pela qualidade de nossos produtos, serviços e relacionamento.
  • Kopenhagen: Ser um grupo competitivo que atue de forma abrangente no segmento alimentício, através de um portfólio de produtos com qualidade, representado por marcas fortes, com características e propostas únicas.
  • Nike: Ser uma referência em artigos esportivos, mantendo, assim, um vínculo com a qualidade de vida e de pessoas.
  • Apple: Proporcionar momentos em que uma palavra vale mil imagens.
  • Samsung: Inspirar o mundo e criar o futuro.
  • Nestlé: Ajudar 50 milhões de crianças a terem vidas mais saudáveis.
  • Petrobrás: Ser uma das cinco maiores empresas integradas de energia do mundo e a preferida dos seus públicos de interesse.
  • Disney: Criar um mundo onde todos possam se sentir crianças.
  • Cacau Show: Ser a maior e melhor rede de chocolates finos do mundo, oferecendo aos seus clientes e parceiros uma relação duradoura, com foco no crescimento, rentabilidade e responsabilidade socioambiental.

– Exemplos de Valores

Uma empresa pode ter inúmeros valores, acompanhados de uma frase descritiva, ou não. Mais do que simplesmente serem definidos, os valores precisam ser vividos e experienciados todos os dias.

Por isso, não adianta pensar em valores que ficam bonitos no papel se eles não podem ser identificados nas atitudes do dia a dia de seus funcionários.

Uma empresa que tem como valor, por exemplo, o cliente em primeiro lugar, precisa ter ações e atitudes que corroboram com ele, como capacitação da equipe de atendimento, uma política de devolução de mercadorias, um excelente gerenciamento de crises, etc.

Abaixo, alguns exemplos dos valores definidos por empresas reconhecidas de diferentes segmentos. Conheça:

  • Satisfação do cliente: Ele é a razão da existência de qualquer negócio. (Fiat)
  • Valorização e respeito às pessoas: São as pessoas o grande diferencial que torna tudo possível. (Fiat)
  • Ter a preferência do cliente. (Gerdau)
  • Sustentabilidade econômica, social e ambiental. (Gerdau)
  • Confiança; Respeito; Crença; Humildade; Integridade. (Avon)
  • Só é bom para a gente, se for bom para o cliente. (Itaú)
  • Pensamos e agimos como donos. (Itaú)
  • O melhor argumento é o que vale. (Itaú)
  • Nosso gerenciamento deve ser em equipe; consistente e focado. (HSBC)

Conclusão

As diretrizes estratégicas chamadas de missão, visão e valores têm uma grande influência na construção da cultura organizacional.
As diretrizes estratégicas chamadas de missão, visão e valores têm uma grande influência na construção da cultura organizacional.

Missão, visão e valores são diretrizes estratégicas que norteiam e definem uma empresa.

É uma como uma identidade, algo que diferencia aquele negócio de todos os outros. Que explica e divulga o que a empresa faz, por que ela faz e qual seu objetivo macro com isso.

Por serem diretrizes tão relevantes, têm um grande impacto nas decisões, no planejamento estratégico, na definição dos projetos e inovações, e até na contratação de pessoal.

A missão, a visão e os valores da empresa dão corpo à cultura organizacional. Contar com funcionários que entendam e se identifiquem com elas é essencial para que todos busquem o atingimento dos objetivos em comum, e vivam no dia a dia aqueles princípios norteadores.

Que tal automatizar processos e melhorar o controle das informações, de forma que você possa se dedicar mais e melhor à gestão estratégica da sua empresa?

Com a otimização de processos e a garantia de ter os dados seguros e confiáveis, você ganha tempo e segurança para pensar no seu negócio e buscar atingir suas metas.

Conheça o ERP BomControle e faça um teste gratuito!

Envie ou compartilhe este artigo