Por que é importante conseguir o Capital Social?

Tempo de leitura: 4 minutos

Você dá a mesma atenção de seus produtos e serviços, para o capital social da sua empresa? Pense um pouco sobre isso. Saiba que uma boa contabilidade é vital para um bom empreendimento, é ela quem define o capital social integralizado? Então gostaria de saber mais sobre capital
social.

 Vamos do inicio o que é capital social?

Normalmente, o capital social refere-se ao valor implícito das conexões internas e externas de uma rede social. No entanto, é comum encontrarmos uma grande variedade de definições inter-relacionadas do termo. Tais definições tendem a partilhar a ideia central de “que as redes sociais têm valor econômico”. Da mesma maneira que uma chave de fenda (que é um exemplo de capital físico) ou a educação escolar (que é formadora de capital humano) podem aumentar a produtividade de indivíduos e organizações, os contatos sociais e a maneira como estes se relacionam também são fatores de desenvolvimento econômico.


Click here to see our sample offer!
O capital social nada mais é do que o aporte financeiro do seu negócio. Ele que determina quanto vale em dinheiro um determinado empreendimento, uma parte dessa quantia esta ligada direto ao capital social — O valor que foi investido em dinheiro pelos sócios quando a empresa  estava em formação. Caso seu negócio tenha continuado e gerado frutos, rendimentos, lucros. Quer dizer que o capital social foi bem empregado e administrado.

 Você formalizou o capital social?

Bom, agora que já decidimos o valor do capital social. vamos agora colocar no papel -criando um contrato social – o montante investido de cada sócio e de onde vieram os recursos. Não é preciso ser em dinheiro, os sócios podem disponibilizar bens materiais ou bens imateriais.

Toda alteração do capital social mais a frente, precisa ser comprovada para um valor mais alto e devidamente registrada na junta comercial da sua cidade. Algumas empresas fazem o processo inverso, diminuem o valor em seus contratos.

O segredo é manter-se atualizado para poder empregar bem o dinheiro
do capital social da sua empresa. Saiba que isso é vital para o futuro dos negócios.
Viu, agora você tem conhecimento e sabe que não deve apenas se ocupar com a parte operacional e deve dar uma atenção redobrada a parte Administrativa. Ficar atento a parte financeira é o grande segredo! E com isso temo a nossa primeira incógnita que surge com o começo do negócio: quanto devemos investir na empresa para que ela comece com um certo combustível necessário para  ela crescer? Se você, tiver certeza que está com a resposta para esta pergunta. Vá em frente! Porque a probabilidade do seu negócio dar certo é muito grande!

Definindo o capital social?

Capital social é o montante necessário para se constituir e iniciar as atividades de uma nova empresa enquanto esta não gera recursos suficientes para se sustentar. O valor do capital social deve ser estipulado baseado num plano de negócios elaborado pelos interessados previamente. Planejamento é importante no inicio.

Em suma, o capital social é aquela quantia que sustenta o início do fluxo de caixa da empresa. Como é de se imaginar, esse valor necessário para colocar um negócio em funcionamento não pode ser estipulado sem critério: desde a matéria-prima até o pagamento dos funcionários e as campanhas de marketing, é importante planejar todas as despesas.

Chega-se ao valor de investimento a partir da elaboração de um plano de negócios, que deve prever todos os custos de operacionalização e aqueles necessários para o início das atividades, até que o empreendimento comece a faturar.

Nas sociedades empresariais, o capital social deve ser registrado em contrato, assim como também as quantias individualmente aplicadas pelos sócios. No documento deve constar, ainda, se a integralização do capital foi feita em dinheiro ou bens. Se for realizada em bens, este valor precisar ser informado em moeda corrente. Para auxiliar no processo, recomenda-se a avaliação de um perito, obrigatória apenas para as sociedades anônimas.

Gestão estratégica é importante?

O ideal é que todo negócio obtenha, a partir de suas operações, um valor suficiente para manter-se e gerar lucros (que não vêm de imediato). No entanto, é impossível que uma empresa comece a funcionar sem nenhuma verba. Neste sentido, o capital social se apresenta  como uma importante garantia para investidores, trabalhadores e para a sociedade empresarial como um todo. Como o recurso advém de proprietários, sócios ou acionistas da empresa, é possível identificar ainda se o patrimônio condiz com os representantes da companhia, evitando que a abertura do negócio sirva para o registro de dinheiro ilícito. Este capital também assegura a capacidade de um empreendimento de manter-se por algum tempo, tranquilizando empregadores e investidores.

O recurso também tem uma função adicional em sociedades de negócio: delimitar o investimento individual dos sócios, determinando quais são os percentuais de direito sobre o domínio da empresa que cada um deles possui. Assim, evita-se disputas ou erros na dissociação da empresa e nas mudanças societárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *