Como realmente aumentar o faturamento da sua empresa?

Tempo de leitura: 6 minutos

Muitos empreendedores acreditam que, para aumentar o faturamento empresarial, é necessário fazer grandes investimentos. Não que receber uma ajuda financeira seja má ideia, principalmente com toda a facilidade de se conseguir bons canais de investimento — fintechs, crowdfunding e investidores anjo são boas opções para isso.

Todavia, saiba que existem outras formas de obtenção de valor alternativas à aquisição de dinheiro, aumentando, assim, o valor organizacional. Neste texto, apresentaremos algumas das principais. Para conhecê-las, continue a leitura!

Faça uma análise da sua empresaClick here to see our sample offer!

Não importa quanto, como ou para quem você quer expandir: se a sua empresa não estiver estruturada, a mudança não será bem sucedida.

Sendo assim, adquira uma ferramenta que propicie a análise do seu negócio por meio de relatórios, gráficos e tabelas, como um sistema ERP, por exemplo.

Ao analisar a sua empresa, você poderá atuar em três frentes de mudança —  produto, pessoas e processos — e aumentar o faturamento empresarial. Entenda melhor a seguir:

Produtos e serviços

Conheça bem os produtos ou serviços oferecidos e provoque o interesse do consumidor. Saiba apresentar soluções adequadas para o perfil do seu cliente e como dirimir qualquer dúvida que surja no processo de venda.

Calcule o preço de forma correta, acrescentando todos os custos fixos e variáveis de produção, custos operacionais, desperdício de material e margem de lucro.

Ainda, adote uma política de prazos aos clientes (atente-se para não prejudicar o capital de giro da empresa) e promova promoções estratégicas.

Pessoas

Invista na qualificação profissional dos seus funcionários e terceirizados. Treinamentos e cursos de capacitação agregam valor ao seu negócio à medida que estimulam habilidades e corrigem limitações.

Processos

Numa gestão de processos eficiente, é necessário identificar gargalos e corrigi-los juntamente com a equipe, de modo a incentivar a participação de todos ao criar o compromisso com a obtenção de resultados.

Reduza os custos operacionais

Custos e lucro numa equação são inversamente proporcionais, portanto, quanto menor for o custo da sua empresa, maior será sua margem de lucro. Nesta etapa, também é necessário o levantamento de todas as despesas por meio de relatórios produzidos pelo seu ERP.

Selecione as contas que podem ser economizadas, como energia, água e combustível, por exemplo. Faça uma reunião com seus colaboradores e defina um teto de consumo para cada uma delas.

Outra medida importante é renegociar preços e prazos com fornecedores. As vantagens são mútuas: você não transfere o custo para seu cliente, não diminui sua margem de lucro, não sacrifica sua empresa e seu fornecedor não deixa de vender!

Saiba fazer diferenciação entre faturamento e lucro

Muitos empreendedores entendem que faturamento é o quanto se vende e lucro é a parcela do faturamento que diz respeito aos seus esforços de gestão — seu salário, por assim dizer. Entretanto, grande parcela desses mesmos empreendedores não consegue fazer essa diferenciação na prática.

Um bom exemplo disso são os que não fazem provisão para cobrir despesas em épocas de baixo volume de vendas ou aqueles que empolgam com o aumento das vendas em períodos como o natal, por exemplo, e resolvem fazer uma viagem sem pagar o 13° salário dos funcionários.

Terceirize serviços

Com a Lei nº 13.429/2017 da terceirização, homologada em março de 2017, ficou mais fácil terceirizar alguns setores da organização. Não só aqueles que contemplam seu core business, mas também as atividades-fim.

Significa que, numa pizzaria, por exemplo, pode-se terceirizar, além do serviço de limpeza e entrega, a função do pizzaiolo.

Isso diminui as despesas das empresas, com as obrigações trabalhistas sendo apenas subsidiárias (torna-se obrigação apenas com a falência da empresa que se contratou).

Identifique novas oportunidades em clientes antigos

O melhor cliente é aquele que você já tem. É com base em experiências de compra anteriores que os clientes fazem suas próximas escolhas.

Portanto, além de se preocupar em proporcionar uma experiência personalizada e com mais comodidade na primeira vez em que ele comprar, saiba que você pode usar técnicas de fidelização — como feedback com pesquisa de satisfação — para possibilitar que ele se lembre de você na próxima vez.

Outra forma interessante é realizar a famosa venda cruzada, também chamada de cross-sell, onde o cliente é estimulado a comprar um produto que complemente o que ele já comprou.

O up-sell também é uma técnica de venda de baixo custo, que agrega valor à compra anterior e também pode ser bem eficiente. Um exemplo que todos conhecem de up-sell é o praticado pelo McDonald’s, quando te oferecem uma batata frita maior por mais 1 real.

Busque novos mercados

Todas as estratégias anteriores foram realizadas, você aumentou a demanda do seu produto, sua equipe está motivada, seu lucro é estável e você ainda tem possibilidades de crescimento? Saiba então como identificar novas oportunidades de mercado:

Abra outra unidade

O faturamento aumenta e, junto com ele, o volume de trabalho. Escolha um ponto estratégico para a nova instalação, certificando-se primeiramente de que você tem capital de giro suficiente para manter a empresa até que ela se sustente sozinha e que consegue preservar a sua identidade empresarial.

Vire franquia

Muitos empreendedores conseguem, inclusive, fechar uma loja física e transformar sua empresa numa franquia virtual. É o caso da empresa de sapatos Quinta Valentina, cujo proprietário, Renato Kuyumjian, 30 anos, fechou a unidade em Goiânia para promover seu crescimento pelo modelo de franquias.

Atente-se para encontrar franqueados comprometidos, que o apoiem e zelem pela manutenção da qualidade da sua marca.

Amplie seus canais de venda

Invista no marketing tradicional e/ou digital para aumentar o faturamento empresarial, diversificar o mercado em que sua empresa atua e abocanhar clientes em potencial que ainda não fazem parte da sua carteira. Você pode atender um público mais jovem, mais velho, feminino, LGBT, etc.

Como você pôde observar, para crescer, é preciso estabelecer metas. Qualquer oportunidade de expansão deve considerar objetivos bem traçados, contando sempre com a tecnologia para que esses sejam alcançados e, consequentemente, aumentando o faturamento empresarial.

Se você gostou das dicas que nós escrevemos no artigo de hoje, compartilhe esse conhecimento com seus amigos em suas redes sociais e promova o empreendedorismo de sucesso!Click here to see our sample offer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *