Como emitir nota fiscal em Salvador: 5 passos para você aprender!

Independente do porte ou segmento, ter uma empresa significa ter responsabilidades e obrigações para com o Governo. Uma delas é a emissão de notas fiscais. 

A nota fiscal é um documento que comprova as transações de compra e venda de uma operação. Além de servir como garantia ao cliente, mantém em dia as pendências tributárias da empresa. 

O ato de não emitir uma nota fiscal de venda é também conhecido como evasão fiscal. Apesar de ser uma “manobra” que muitos utilizam, é fundamental reforçar que a sonegação de impostos é crime. Você deve estar ciente do seu compromisso.

Leia também: O papel do Planejamento Tributário na Elisão Fiscal – Saiba tudo 

Nos dias de hoje, muitas cidades já disponibilizam a nota fiscal eletrônica, agilizando bastante o processo, além de ser mais confiável. Outro benefício é a redução dos custos com papel, pois elimina aquelas pilhas e pilhas de blocos de notas. 

Outro ponto positivo da nota fiscal eletrônica é a possibilidade de integrá-la com sistemas financeiros, otimizando processos e permitindo um controle da gestão da empresa mais eficaz. 

Se você está em Salvador, é importante entender como emitir nota fiscal no sistema da sua prefeitura para não ter erros (afinal, o cancelamento da nota fiscal eletrônica ficou um pouco mais burocrático). 

Neste artigo, você vai aprender: 

  • Como emitir nota fiscal em Salvador para seu negócio
  • Quem precisa emitir nota fiscal em Salvador? 
  • Como emitir nota fiscal em Salvador em 5 passos
  • Como emitir nota fiscal de produtos em Salvador
  • Posso cancelar uma nota fiscal depois de emitida?
  • Como emitir nota fiscal em Salvador com o BomControle

 

Boa leitura!

Integre e automatize os departamentos da sua empresa

Automatize a gestão da sua empresa de forma integrada entre os setores

Conheça agora!

TESTE GRÁTIS

Como emitir nota fiscal em Salvador para seu negócio

Cada tipo de negócio deve emitir uma nota fiscal específica em Salvador.

 

Claro que você precisa entender como emitir nota fiscal em Salvador. Mas você sabia que existem diferentes tipos de documentos? 

Vamos explicar, antes de qualquer coisa, os tipos de notas fiscais existentes e válidas no Brasil. Assim, você vai entender qual modelo é aplicável ao seu negócio. 

Confira: 

Nota Fiscal de Produtos Eletrônica (NF-e)

A nota fiscal de produtos eletrônica deve ser emitida por empresas que vendem mercadorias ou matéria-prima. 

É o caso, por exemplo, de você vender borracha para uma indústria que faz chinelos. Quando executar a venda do produto para o seu cliente, antes da mercadoria deixar a sua empresa, você deverá emitir a nota fiscal. 

A nota fiscal de produtos eletrônica é através do SEFAZ (Secretaria da Fazenda) de cada estado, e está relacionada a impostos como IPI (Produtos Industrializados) e ICMS (Imposto de Mercadorias e Serviços. 

Nota Fiscal de Serviços Eletrônica (NFS-e)

A nota fiscal de serviços eletrônica é utilizada por empresas que fazem prestação de serviços. É o caso, por exemplo, de uma empresa de limpeza predial. 

Esse documento é emitido através da prefeitura da cidade, e está relacionado ao ISS (imposto sobre serviços). 

Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e)

Esse documento é a nota fiscal emitida para o consumidor final. No exemplo que demos para a nota fiscal de produto, esta seria a nota emitida pela indústria de chinelos para o cliente que comprou o produto em sua loja.

Ficou fácil de entender, né?

 

Leia também:  DRE: qual a importância deste relatório e como calcular

Esse documento é também chamado de cupom fiscal eletrônico. É emitido através de um Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos (SAT). 

Quem precisa emitir nota fiscal em Salvador? 

As notas fiscais de produto são compromisso do Estado, enquanto que as notas de serviço ficam a cargo da Prefeitura de cada município. 

Se você está em Salvador, portanto, sua empresa precisa emitir nota fiscal eletrônica, de forma que o governo mantenha um controle tributário sobre as atividades econômicas do Estado e do Município.

São os impostos relacionados às notas que arcarão as despesas públicas, como pagamentos de folha salarial de concursados, investimentos em diferentes áreas, entre outros. 

Se você for um microempreendedor individual (MEI) ou autônomo sem CNPJ, e trabalhe com comercialização de mercadorias, há uma exceção: só é obrigatória a emissão de nota fiscal de produtos quando a venda acontece para empresas, não para pessoas físicas. 

Ou seja: se você, MEI, faz cupcakes em casa e costuma vender os produtos para seus vizinhos, não é necessário fazer a emissão de nota fiscal em Salvador.

Já para os casos da nota fiscal de serviços eletrônica, não há exceção: mesmo MEIs e autônomos devem emitir o documento. 

Assim, se o MEI, ao invés de cupcakes oferecer o serviço de design gráfico, deverá fazer a emissão da nota fiscal eletrônica. 

 

Leia também: DAS-MEI: O que é, para que serve e como emitir

 

Para saber se a sua empresa ou atividade deve emitir nota fiscal em Salvador, você pode consultar o site do SEFAZ. Lá você tem acesso à lista de todas as obrigações fiscais conforme o CNAE do seu negócio. 

Como emitir nota fiscal em Salvador em 5 passos

Os prestadores de serviços devem emitir nota fiscal em Salvador através da prefeitura.

Abaixo, listamos 5 passos para você saber como emitir nota fiscal de serviço eletrônica em Salvador. O processo é simples e você não deverá encontrar contratempos durante o preenchimento do documento. 

Vamos lá? 

#Passo 1: Faça o seu cadastro na prefeitura

Antes de saber como emitir nota fiscal em Salvador, você precisa fazer o cadastro da sua empresa na Prefeitura. Assim, vai obter acesso ao sistema pelo qual fará a emissão do documento.

Acesse o site do sistema. Escolha se você é Pessoa Física ou Jurídica para continuar o cadastro. Preencha todos os dados conforme forem sendo solicitados.

#Passo 2: Solicite a senha web

Após preencher o cadastro, você será redirecionado a um formulário. Este documento deverá ser impresso, assinado e apresentado no local indicado no rodapé do documento.

Atenção: a solicitação tem um prazo de validade de 60 dias. Então, uma vez que você tenha acesso a este formulário de solicitação de senha web, cuidado para não deixar ele parado na sua gaveta.

#Passo 3: Acesse o sistema para emissão da nota fiscal

Agora que você tem a senha web de acesso, deverá entrar no sistema para emissão de nota fiscal em Salvador.

O login será feito com a senha recebida e o seu CNPJ. 

Conclua seu cadastro, se necessário, e selecione a opção “optante pelo Simples Nacional” no campo “Opção pelo Simples Nacional”, caso você seja MEI.

Você também poderá fazer a emissão da nota fiscal através do aplicativo MEI Fácil (somente para microempreendedores individuais), disponível no Google Play

#Passo 4: Preencha todos os campos obrigatórios

Logado no sistema, você terá acesso a diversas opções, como emissão de nota fiscal, consulta de notas, configurações, entre outros.

Para emitir a nota fiscal em Salvador, informe o CPF ou CNPJ do tomador, ou seja, do cliente da sua empresa.

Depois de completar esse campo, é provável que os outros dados, como Razão Social e endereço, sejam preenchidos automaticamente. Se isso não acontecer, você pode digitar os dados manualmente. 

Em seguida, preencha os dados obrigatórios em relação à prestação de serviços, como a descrição, quantidade e valor unitário. 

No campo “Discriminação dos Serviços” você pode inserir outras informações úteis para você ou para o cliente, como dados bancários para transferência, número do boleto, ordem de compra, entre outros. 

Este é um campo livre, então você pode utilizar da forma que melhor atender suas necessidades.

#Passo 5: Confira os dados e conclua

Antes de sair a sua nota fiscal, é importante revisar todas as informações digitadas, para evitar que o envio do documento seja feito com erros. 

Não se preocupe em preencher o campo ISS, pois ele é preenchido de forma automática, conforme a atividade de cadastro da sua empresa. 

Se estiver tudo de acordo, basta concluir a emissão. Você deverá fazer o download do arquivo em PDF e XML para poder enviar o arquivo para o cliente. 

Como emitir nota fiscal de produtos em Salvador

Se a sua empresa precisa emitir nota fiscal de produtos, saiba que você deverá contratar um certificado digital, de forma a validar a sua identidade no ambiente virtual. 

Existem diversas empresas que oferecem esse serviço e você poderá escolher a que melhor atenda sua necessidade.

Além do certificado, é preciso adquirir um sistema emissor de notas. Existem empresas privadas que fazem a venda de sistemas com este fim, mas o SEFAZ de Salvador disponibiliza uma versão gratuita. 

No momento de redação deste artigo, porém, o link de acesso ao sistema estava dando erro de conexão. Por este motivo, não informaremos o endereço. 

Também não abriremos o passo a passo deste tipo de emissão, já que é mais complexo por depender da atividade de cada empresa e de normas específicas do Estado da Bahia. 

 

Leia também:  Obrigações Acessórias do Simples Nacional

De qualquer forma, você pode consultar as perguntas e respostas mais frequentes de como emitir nota fiscal em Salvador através do site da Secretaria da Fazenda do Brasil.  

Integre e automatize os departamentos da sua empresa

Automatize a gestão da sua empresa de forma integrada entre os setores

Conheça agora!

TESTE GRÁTIS

Posso cancelar uma nota fiscal depois de emitida?

Lembra que você precisa revisar a nota fiscal antes de salvar? Isso é pra evitar que um cancelamento seja solicitado.

Mas, se você emitiu a nota fiscal com erro (ou se, por algum motivo, o serviço foi cancelado), você pode cancelar o documento via sistema, desde que respeite o prazo máximo para isso. 

No caso de Salvador, o limite para cancelamento é o último dia do mês subsequente à emissão. Se ultrapassar o prazo, você deverá entrar com um processo administrativo para que esse procedimento seja realizado.

Como emitir nota fiscal em Salvador com o BomControle

Utilize um sistema de gestão integrada para emissão de notas fiscais em Salvador.

 

Como falamos, a nota fiscal eletrônica, por si só, já auxilia o gestor na organização de seus processos. Desde que esse modelo de documento fiscal começou a ser adotado pelos municípios, ficou muito mais fácil gerenciar a emissão das notas.

Mas, como quem avisa amigo é, trazemos uma dica que vai mudar o nível de gestão do seu negócio. 

Existem sistemas completos de gestão que apresentam o emissor de nota fiscal como uma entre suas inúmeras outras funcionalidades.

Dessa forma, você consegue integrar os departamentos da sua empresa, repassando informações de forma automática entre o departamento comercial e o financeiro, por exemplo. 

Sem dúvida, esse tipo de automação oferece uma visão mais completa e transparente ao gestor, além de oferecer informações suficientes para um gerenciamento mais eficaz dos seus processos e do seu negócio.

Já imaginou realizar uma venda, emitindo uma nota fiscal em Salvador, e automaticamente já ver seu produto sair do seu inventário de estoque? E ver a provisão do recebimento do seu fluxo de caixa? É incrível, e custa bem menos do que você pode estar imaginando! 

O ERP BomControle é exatamente assim: em um único sistema você integra controle de estoque, CRM, processos comerciais, atendimento ao cliente, gestão de processos e gestão financeira.

Nele, você também encontra funcionalidades como a emissão de notas fiscais eletrônicas e boletos bancários. Conheça as principais funções que estão disponíveis no sistema: 

  • Contas a pagar e a receber
  • Integração bancária
  • Fluxo de caixa
  • Contagem de estoque rápida
  • Alerta de estoque mínimo
  • Estoque integrado ao controle de vendas
  • Controle de orçamentos e transportadoras
  • Gestão de vendedores
  • Gestão de oportunidades
  • Acompanhamento de tarefas
  • Registro de negociações em andamento
  • Criação de processos simplificado
  • Relatórios personalizados
  • Controle de SLA
  • E muito mais! 

 

Leia também:  Lucro Real e Lucro Presumido - Tudo o que você precisa saber

Experimente o ERP BomControle de forma gratuita por 15 dias. Não precisa informar o número do cartão de crédito: você só paga se gostar!

Conclusão

Um sistema completo permite emissão de notas fiscais em Salvador de forma integrada com os relatórios financeiros.

 

Agora que você já sabe como emitir nota fiscal em Salvador, não tem mais desculpa para tentar “burlar” o sistema, certo? Novamente, reforçamos: a emissão de nota fiscal é uma obrigação da empresa e mantém o seu negócio em dia com o Governo.

Entenda qual tipo de nota fiscal a sua empresa deverá adotar, cuide do preenchimento de todos os campos e invista em um sistema para emissão que integre as informações a outros departamentos. 

Integre e automatize os departamentos da sua empresa

Automatize a gestão da sua empresa de forma integrada entre os setores

Conheça agora!

TESTE GRÁTIS

Dessa forma, você melhora os seus processos, reduz custos, otimiza tempo e ainda garante uma gestão mais efetiva e eficiente. 

Com isso, pode investir os esforços e sua dedicação em estratégias voltadas para o que realmente interessa: ver seus resultados crescerem!

Quer mais dicas? Confira os artigos que separamos para você: 

 

 

O ERP BomControle é a melhor opção para sua empresa ter uma gestão completa, com um custo reduzido e embarcado com toda tecnologia que este modelo de negócio permite. 

 

Experimente agora mesmo! 

Envie ou compartilhe este artigo