Saiba como definir metas de produtividade para sua equipe!

As metas de produtividade fazem parte da gestão estratégica de uma empresa, visando resultados eficientes e que direcionem para o êxito. Os gestores têm papel fundamental nesse processo, conduzindo equipes e as mantendo focadas no cumprimento desses objetivos.

Conseguir manter um time de colaboradores envolvidos com essas metas é um desafio, por isso, é fundamental estar atento a alguns pontos imprescindíveis para alcançar resultados positivos.

Quer saber como? Este post vai apresentar e explicar, em tópicos, 8 estratégias que ajudarão você a conseguir extrair produtividade da sua equipe para cumprir metas. Confira!

Defina metas de produtividade em curto, médio e longo prazo

Muito da gestão estratégica de empresas e seus departamentos focam apenas em objetivos em longo prazo, o que pode parecer muito distante em certo momento. Como consequência, esse período à frente pode desmotivar colaboradores ou até mesmo deixá-los confortáveis demais.

A melhor maneira de conseguir desenvolver atuação e produtividade dos funcionários é mantê-los sempre comprometidos. Se há uma meta em menor prazo, a tendência é que eles se esforcem e, assim, esse desenvolvimento acontecerá de maneira organizada, com o objetivo final sendo alcançado.

Trace metas individuais e para a equipe

As metas de produtividade dependem de um envolvimento amplo de todos os funcionários, por isso, é importante definir objetivos para que as equipes consigam esse sucesso. Para alcançar o resultado esperado de forma adequada, com um bom volume de trabalho e competência, é fundamental que todos trabalhem juntos!

Para que isso seja possível, porém, é necessário que cada um saiba das suas responsabilidades e em quê devem concentrar seus esforços. Diante disso, também fica claro a importância de se definir metas individuais, dividindo as demandas e concentrando os colaboradores em diferentes objetivos, mas que todos sejam complementares para atingir a meta principal.

Ofereça bonificações associadas a esses objetivos

A pressão por atingir essas metas de produtividade é maior que simplesmente solucionar as demandas que surgem no cotidiano. Por mais que os funcionários precisem estar naturalmente envolvidos, as bonificações são recursos interessantes, que ajudam muito na questão motivacional.

Oferecer premiações extras ao final do ano, por exemplo, é um dos mecanismos mais úteis para motivar os funcionários a se dedicarem e a terem um desempenho otimizado na execução das metas. É possível engajar colaboradores ao envolvê-los com sucesso no cumprimento dos objetivos, retendo talentos e fazendo com que todos estejam satisfeitos.

Mobilize os colaboradores para atingir as metas

Tão importante quanto as bonificações é a mobilização por meio do esclarecimento do quão significativo são aquelas metas para o negócio. Se a empresa valoriza seu funcionário, oferece a ele um ambiente de trabalho moderno, agradável, justo e com boas ideias, a tendência é que ele se sinta parte integrante dessa missão.

Leia também:  5 dicas de vendas para o Dia dos Namorados

Os gestores têm um papel-chave nesse engajamento dos colaboradores que eles comandam. Por isso, o trabalho de envolvimento de todos para esse objetivo principal e, também para as metas individuais, é muito importante; assim todos podem entender a relevância de chegar ao que foi proposto diante da estratégia de desenvolvimento da empresa.

Reúna a equipe regularmente

Durante esse processo para atingir as metas, algumas dúvidas vão surgir, alguns colaboradores podem sentir dificuldades e outras questões vão causar certos ruídos no caminho. Para que tudo seja devidamente alinhado e esclarecido, as reuniões de equipe são fundamentais!

Parte do sucesso em atingir as metas de produtividade passa pelo entrosamento do time, e o gestor precisa ter essa sensibilidade e saber ouvir todos e, se necessário, oferecer ajuda e recursos para que os objetivos sejam alcançados mais facilmente. As reuniões devem acontecer semanalmente, mas, sempre que for necessário, elas podem ocorrer em um período de tempo menor.

Seja justo e realista nas metas de produtividade

Atingir objetivos mirabolantes e humanamente impossíveis dentro de determinados espaços de tempo não fazem parte de um planejamento estratégico eficiente. Um gestor precisa saber quando a exigência aos seus colaboradores está fora da realidade e das capacidades de qualquer profissional.

Não ser justo e cobrar além do que é possível é um grande risco que não vale a pena correr: primeiramente por respeito ao profissional, mas também porque isso pode abalar a confiança do colaborador! Ele precisa se sentir respeitado e apoiado para alcançar essas metas, e, se os objetivos são irreais, a tendência é a desmotivação e a perda do alinhamento.

Combata a acomodação e a zona de conforto

Os gestores, diante da estratégia da empresa, definem quais são as metas que seus colaboradores devem atingir. Entretanto, dependendo do nível desse desafio, pode ser que os objetivos não sejam atingidos com tanta dificuldade. Isso pode significar duas coisas: profissionais de nível muito acima da média ou, simplesmente, metas muito fáceis.

Para se obter maior precisão e produtividade, o gestor precisa perceber se está realmente extraindo o máximo dos seus funcionários. Metas muito fáceis podem ser atingidas rapidamente, sem muito esforço e podem esconder certa acomodação. Ao evitarem envolvimento em desafios maiores, a equipe estará sempre em sua zona de conforto.

A avaliação deve ser sempre sobre o quanto pode ser feito com o time que se tem. Assim, será sempre possível desafiar os colaboradores ao máximo, conseguindo resultados sempre muito bons.

Leia também:  Por que é importante conseguir o Capital Social?

Reavalie e, se necessário, adapte as metas

Algumas metas de produtividade podem parecer tranquilas e palpáveis em determinado momento, mais especificamente quando elas são definidas. Entretanto, essa não é uma conta exata e no meio desse caminho muita coisa pode acontecer. O planejamento simplesmente pode não ter sido o melhor ou outros fatores têm dificultado a atuação da equipe.

Quando isso acontecer, o gestor precisa considerar uma reavaliação dessas metas! Por vezes, é melhor ir com calma, cobrar menos objetivos dentro de determinado prazo e organizar melhor os trabalhos.

A readaptação dos objetivos faz parte do processo e não deve ser encarada como falta de competência, mas sim como um recurso para fazer com que elas sejam atingidas da melhor forma, sem sobrecarregar colaboradores e com resultados mais satisfatórios.

Gerir equipes depende de muito planejamento e esforço de todos. As metas de produtividade são ferramentas importantes para converter essa dedicação em resultados para a empresa. Estas dicas vistas no post serão de grande ajuda para atingir rendimentos satisfatórios.

Envie ou compartilhe este artigo